27.11.08

Bombaim e Mumbai

O Público espanhol escreve «Bombay». Quem é provinciano?

Só à bomba



      O jornal espanhol El País titula «Liberado uno de los dos hoteles asaltados en Bombay». O El Mundo, por seu lado, titula: «La policía de Bombay controla ya uno de los hoteles y libera a rehenes». Em França, o Le Monde escreve «Bombay : la situation des otages demeure confuse». O Le Express escreve: «Situation confuse à Bombay». Os nossos cosmopolitas jornalistas, temendo que os leitores espanhóis e franceses não compreendam, acham necessário escrever ou dizer que se trata «da antiga Bombaim», ou, pior ainda, escrevem ou dizem Mumbai. Isto é provincianismo.

3 comentários:

nuno q. disse...

Também ouvi essa observação relativa à «antiga Bombaim» no noticiário da SIC e tinha mesmo pensado em escrever-lhe. Desconhecia que tinham rebaptizado a cidade. Se o ridículo pagasse imposto...

Anónimo disse...

Parece que o mais correto, mesmo que somente "politicamente", é Bombaim.
http://www.geocities.com/orthopapism/bombay.html

Anónimo disse...

Mas a verdade é que a cidade foi oficialmente rebatizada. Quando a Aldeia Galega foi rebatizada para Montijo, os portugueses adotaram o novo termo presumivelmente porque lhes soava bem. Mumbai também soa bem em português. Porque não fazer a vontade aos senhores indianos?