12.2.10

«Corta-fogo»

Antifogo


      «A existência de muretes (pequenos muros) corta-fogo pombalinos no topo do número 24 da Rua Nova do Almada, em cuja cobertura deflagrou na madrugada passada o incêndio que fez uma vítima mortal e deixou duas pessoas desalojadas, terá sido determinante para evitar a propagação das chamas aos edifícios contíguos» («Construção pombalina pode ter evitado nova tragédia no Chiado», Inês Boaventura, Público, 12.2.2010, p. 27).
      O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não regista como invariável este adjectivo. O Dicionário Houaiss, por sua vez, sem o registar como tal, no exemplo que dá usa-o como invariável. No sítio do Colégio Santo Américo, em São Paulo, no Brasil, fundado por monges beneditinos húngaros, lê-se que correcta é a frase «Comprei duas portas corta-fogos». Já agora, em inglês diz-se fire-rated walls.

[Post 3133]

Actualização em 19.4.2010

      Por vezes, também se lê corta-incêndios: «Subi no elevador para o segundo andar, passei por duas portas corta-incêndios e percorri o longo corredor, cujo soalho polido rangia de forma familiar» (Expiação, Ian McEwan. Tradução de Maria do Carmo Figueira e revisão de Ana Isabel Silveira. Lisboa: Gradiva, 5.ª ed., 2008, p. 409).



4 comentários:

Tavares disse...

Caro Helder Guégués, que edição está a consultar da Porto Editora? Na Infopédia, antifogo já se encontra como adjectivo invariável e o mesmo se encontra em http://www.infopedia.pt/vocabulario/antifogo.

Tavares disse...

Que disparate o meu! A palavra em causa é corta-fogo... Claro que não é invariável. Quando o primeiro elemento de uma palavra composta é um verbo e o segundo, um nome, só o segundo elemento flexiona. Temos então corta-fogos.

Anónimo disse...

A menos que funcione como apositivo...

Anónimo disse...

Em inglês, a porta corta-fogo e chamada de "fire door".
Já a "fired-rated wall" é uma parede que retarda a propagação do fogo.

Comentário do Benévolo, do Brasil