24.6.10

Sobre «enviesamento»

Pense nisso


      «No entanto, alguns investigadores mostraram-se cépticos e sugeriram que a oferta de comida por parte dos investigadores poderia ter alterado o comportamento dos animais. E a questão ficou em aberto. Até agora. No estudo que desenvolveu nos últimos dez anos nas florestas do Uganda, o grupo de investigadores coordenado pelo primatólogo John Mitani, da Universidade de Michigan, nos EUA, não utilizou comida para se aproximar dos animais, o que elimina essa hipótese de enviesamento» («Chimpanzés matam por território», Filomena Naves, Diário de Notícias, 23.06.2010, p. 23).
      Já aqui falámos deste enviesamento, tradução do inglês bias. Só pergunto uma coisa: assim, secamente, quantos leitores é que a jornalista pensa que compreenderão o termo? Para agravar, nem sequer aparece registado nos dicionários gerais.

[Post 3624]

5 comentários:

R.A. disse...

Se ela escrevesse «... o que elimina essa hipótese de viés», não ficava melhor?

Anónimo disse...

Sei que em estatística o termo correcto é mesmo "enviesamento" dos dados (bias). Isto é uma questão sempre debatível: até que ponto se dever evitar a utilização de termos científicos específicos numa publicação não científica? Se por um lado podemos ganhar em clareza, por outro, arriscamo-nos a deturpar a exactidão e a verdade científica da notícia.

Neste caso, não acho que "enviesamento" seja assim tão complicado de compreender, mesmo para os leigos na matéria. Até em linguagem futebolística se usa o termo "pontapé enviesado" para descrever um pontapé que saiu torto. A ideia de distorção vem facilmente à mente. Mas se quisermos fugir mesmo do termo, poderiamos dizer "o que elimina essa hipótese de distorção dos dados da experiência".

Venâncio disse...

Também creio que, em si, enviesamento é inteligível (graças a enviesar, enviesado, bem mais correntes). Mas não com o valor de bias.

Distorção parece-me adequado, factor aleatório poderia valer também.

Unknown disse...

Distorção, já aqui sugerido antes, parece-me a melhor alternativa. Continuo a não acreditar que o leitor médio compreenda enviesamento.

André Pinto disse...

Note-se que "enviesamento" é um termo comum em Estatística Descritiva, sem que o seu sentido seja necessariamente pejorativo.

Se uma determinada distribuição de dados for assimétrica (média, mediana e moda não coincidem), essa assimetria pode ser descrita como "positiva", ou "enviesada à esquerda"; ou "negativa" e "enviesada à direita", de acordo com os coeficientes de Pearson.

O sentido de "enviesamento" que aqui se discute, enquanto tradução do termo anglófono "bias", é claramente pejorativo e diferente do acima exposto. "Distorção", "viciação", "especulação" (produzir observações que os dados não sugerem), são palavras que me agradam mais e podem evitar confusões futuras na utilização do termo "enviesamento".