3.2.09

Definição: «brecagem»


Coisas da mecânica


      «Um carro eléctrico (o ‘city car’) que não produz emissões de dióxido de carbono, desdobrável, recarregável nos lugares de estacionamento e cujas rodas têm um sistema de brecagem capaz de fazer uma volta de 360 graus está a ser estudado no Massachusetts Institute of Technology (MIT)» («Um carro ideal para Lisboa», Diário de Notícias, 28.1.2009, p. 24).
      Sei que nem toda a gente, nem sequer condutores, conhece o termo «brecagem». A minha preocupação, neste caso, é a de os leitores que consultarem um dicionário neste verbete e não entenderem o que lêem. Pegue-se num dicionário da língua portuguesa da Porto Editora e leia-se: «Brecagem s. f. MECÂNICA. Ângulo horizontal máximo que as rodas directoras de um veículo podem descrever a partir da sua posição em movimento rectilíneo.» Hã? Talvez a definição da Autopédia, a que pertence a imagem, seja melhor: «Perímetro da menor circunferência que um automóvel consegue descrever. Um automóvel com uma boa brecagem consegue descrever círculos apertados.» Creio que no Brasil não se usa esta palavra, mas já os meus leitores habituais, como Paulo Araujo, Roberto de Barros Benévolo ou Gustavo Nagel, confirmarão.

12 comentários:

Alberto Martinet disse...

Prezado Professor,

Com efeito, a palavra "brecagem" não é comum no Brasil, talvez seja reservada para estreito círculo de peritos.

O que é comum é a palavra "brecar", de igual sentido que "frear", pari passu com a qual foi, por anos, utilizada.

No entanto, há que se admitir que, nestas últimas décadas, "frear" vem mostrando tendência a suplantar "brecar".

Cordialmente

Paulo Araujo disse...

Concordo com o Sr. Martinet; mesmo brecar não é usado em todo o Brasil, sendo mais comum em São Paulo; breque (freio) ainda é usado, mas pouco. O Houaiss define 'brecagem' de modo semelhante ao dicionário da Porto Editora, mas jamais ouvi alguém usar esse substantivo. Se eu tivesse que descrever o movimento de 'brecagem' de outra forma diria que é o 'máximo esterçamento que se pode fazer ao volante de um veículo'. Cordialmente,
Paulo Araujo

Helder Guégués disse...

Caros Alberto Martinet e Paulo Araujo,
Muito obrigado pelos contributos sempre tão sérios e ponderados.
Cordialmente,
Helder Guégués

Anónimo disse...

Caro Mestre,
Gostaria de saber qual é o plural de «fez» (chapéu otomano). Certamente não será «fezes», ou será?

Helder Guégués disse...

É mesmo «fezes», mas não há perigo de nos emporcalharmos, pois o e é fechado: /fêzes/.

Gustavo Nagel disse...

E eu concordo com o sr. Martinet e com o sr. Araújo.

Eu, inclusive, não conhecia a palavra "brecagem" até a leitura deste post.

Já o "brecar" é comum também, Paulo, no Rio de Janeiro, como sinônimo de "frear", conforme disse o Alberto.

Abraços.

Helder Guégués disse...

Obrigado, caro Gustavo Nagel.

Helder Guégués disse...

Só falta mesmo saber como se diz no Brasil.

Alberto Martinet disse...

Prezado Professor,

O termo "brecagem", usado em Portugal, parece-me corresponder exatamente ao francês "braquage". Desconheço a maneira de transladá-lo para o português brasileiro.

No Brasil, dificilmente alguém entenderia se ouvisse falar em brecagem. Para traduzir a idéia, será necessário um circunlóquio que, como sugeriu o Sr. Paulo Araujo, poderia bem ser 'esterçamento máximo'.

Atenciosamente

Helder Guégués disse...

Mais uma vez, obrigado, caro Alberto Martinet.

Gustavo Nagel disse...

Caros,

Acredito que «esterçamento máximo» diga tanto a um ouvinte brasileiro quanto «brecagem». Embora até utilizada por aqui, «esterçar» está longe de ser uma palavra comum.

Mas, significando brecagem o que significa, já ouvi referirem-se a ela como «jogo»: «Este carro tem pouco jogo. Ruim de manobrar», etc.

Abraços.

Conchas disse...

Andava à procura de termo equivalente em Inglês, e vim aqui ter. :)

Alguém me sabe dizer qual o termo correcto em Inglês?

Esta foi uma das poucas vezes que o Google não me consegui ajudar... :(