24.3.10

Léxico: «enguia-de-vidro» e «angula»

Tudo na mesma


      «“A enguia-de-vidro (meixão) é muito apreciada na região de Espanha. Daí ter de existir captura suficiente para servir os imensos restaurantes e o apetite voraz em relação ao petisco que eles fazem com a angula”, disse ao DN José Eduardo Rebelo, doutorado em Biologia e docente na Universidade de Aveiro» («Enguia bebé que vale ouro», Joana Capucho, Diário de Notícias, 28.2.2010, p. 66).
      Há dois anos, escrevia aqui que os dicionários não registam o vocábulo meixão. Tudo continua na mesma. E todos os anos são publicados vários artigos na imprensa sobre o meixão. Aliás, os dicionários também não registam angula nem enguia-de-vidro. No DRAE, lê-se que angula vem do basco angula, alteração do vocábulo latino anguilla. O que é já nós sabemos: «cría de la anguila, de seis a ocho centímetros de largo, muy apreciada en gastronomía».

[Post 3267]

1 comentário:

G disse...

Deixo aqui uma sugestão para o caro Hélder: http://www.nunogomeslopes.com/2010/03/02/a-ignorancia-e-uma-bencao-1/

Já tinha tratado o tema do meixão, na minha humilde condição de blogueiro com apetências sócio-linguísticas (sem querer tirar o lugar de especialista ao Hélder, claro).

(note que o que escrevi no blogue foi escrito sob a perspetiva reintegracionista, que é a minha. o galego é português)