26.12.10

Atol de Bikini

E porque não?


      «O atol de Bikini, nas ilhas Marshal, e Papahânaumokuâkea, um conjunto de pequenas ilhas e atóis do Havai passaram a integrar a lista como património natural. Por último, o Planalto Central do Sri Lanka foi classificado como património misto» («Palestina, Jordânia e Israel unem-se por Jerusalém», Marina Marques, Diário de Notícias, 2.08.2010, p. 41).
      É raríssimo ver-se aportuguesado para atol de Biquíni, mas no Diário de Notícias não seria inesperado.

[Post 4233]

3 comentários:

Anónimo disse...

Por essas e por outras é que é comuníssimo a língua portuguesa ir nua e desagasalhada, - mais rota do que capa de pedinte, já dizia Rodrigues Lobo.
- Montexto

Anónimo disse...

Quando não aportuguesam um topônimo, por aqui geralmente reclamam. Qual é a diferença do Bikini?

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com