4.3.11

«Vai de embute»

Novidade

      João Gobern, o Ubíquo, dizia hoje na sua crónica, «Com três letrinhas apenas», na Antena 1: «Com uns pozinhos de especulação à mistura, nem é difícil entender o que sucedeu: o amaneirado Galliano irritou-se e decidiu fazer às palavras aquilo que tantas vezes fez às suas criações estilísticas: carregou na cor, insuflou o corte, radicalizou no tecido, e vai de embute.»
      Nunca — e já sabem como sou atento — antes ouvira esta expressão. Etimologia? Origem? Que alguém nos ajude.

[Post 4520]

6 comentários:

Bic Laranja disse...

Vai de embute! - interjeição de ir por diante; o mesmo que "toca a andar!".
Ao que sei a origem é o calão de rua mas mais que isso, meu amigo... Talvez se forme de em + bute, sendo bute uma espécie de interjeição para dizer "vamos embora!", "vamos lá!", "vamos nisso!", "embora ai!" ou "embora lá!". Uma palavra de ordem.
Não sei se pus o caso bem. Estou só a pensar alto.
Cumpts.

Bic Laranja disse...

Lembrei-me agora. Bute! também pode ser usado em lugar de porreira, pá!

Anónimo disse...

Acho que prefiro não saber. Se alguém descobrir ao certo, não me diga, se faz favor.
— Montexto

Bic Laranja disse...

O prezado Montexto não se aflija mais. Ao contrário do porreiro, pá! que ficou de pedra e cal como ex-libris (ou ex-lobbies) do Estado a que chegámos, o bute é daquelas que há-de decair com a geração que o formou: a do Gobern, a que Vicente Jorge Silva crismou com adjectivo apropriado.
Cumpts.
P.S.: o bute vai a par da outra, mas não em lugar dela; foi exagero propositado para vincar que o calão de rua atingiu um estádio socio-político invejável.

Anónimo disse...

Ah! Respiro fundo...
Mont.

V. M. Lucas Lindegaard disse...

Caro Helder Guégués: aqui tem uma tentativa de resposta à sua pergunta: http://llindegaard.blogspot.com/2011/03/vai-dembotas-daniel-e-outras-expressoes.html. Saudações do Chimoio
Vítor