21.5.06

Abreviatura: Dr.

Dr. Quem


      É infelizmente muito comum — o que o não torna menos grave — escrever com minúscula inicial a abreviatura de «doutor», como se pode ver nesta frase, que serve de exemplo, de Mário Bettencourt Resendes: «O dr. Jardim tem o particular talento de ostentar, por norma, uma ausência gritante de senso comum» («As armas e os barões de Alberto João», Diário de Notícias, 18.05.2006, p. 11). Nos substantivos, adjectivos e locuções pronominais, escritos por extenso ou abreviadamente, que constituem formas corteses de tratamento deverá usar-se a maiúscula inicial, como preceitua, e bem, a Nova Terminologia Linguística, quando antepostos a nomes de pessoas. Logo, Dr. Jardim, Mons. Johann Geisler, Fr. Georg Angst, etc.

3 comentários:

Rany Ribeiro disse...

Muito boa a informação, é corriqueiro encontrarmos textos de pessoas instruídas com a inicial minúscula, o que pode levar os mais incautos a erros.

Rany Ribeiro

Betty Vidigal disse...

Veja no Manual de Redação e Estilo do Estadão:

3 - Os títulos dr. e dra. (só para médicos), sr. e sra. ou d. (dom e dona) devem ser escritos de preferência na forma abreviada e com inicial minúscula. (Pela norma oficial, são em maiúsculas: Dr. Antônio, Sr. José dos Santos.)

Ou seja: mesmo reconhecendo a forma oficial, o jornal recomenda que se usem iniciais minúsculas nessas abreviaturas.

Cristiano Neves MTC disse...

Betty Vidigal os títulos de doutor são para quem fez doutorado que é pós graduação strictu-sensu e após mestrado, portanto não são para médicos. A não ser que estes tenham doutorado. O uso do título de doutor para médico é popular e não acadêmico, muito pelo contrário, ha no código de ética da maioria das profissões da saúde a proibição expressa de uso de tútulos que não possua.