22.4.09

«Luiz», «Queiroz»…

Agora me lembro

Os analistas e comentadores políticos gostavam que, na entrevista de ontem, o primeiro-ministro tivesse respondido a perguntas que não lhe foram feitas… Ah, mas este não é um blogue político. Retomo a questão da grafia dos antropónimos. E não só com o nome Carlos Queiroz. Quem é que «actualiza» o nome de Luiz José Machado Gomes Guerreiro Pacheco? Sim, o escritor (mais ou menos…) maldito Luiz Pacheco. Nem Pedro Bingre, aposto. Não há, até porque o ridículo mata, nenhuma criatura a escrever Luís Pacheco.

1 comentário:

Pedro Bingre disse...

...No entanto, quem não actualiza o nome de Luiz de Camões? Ou de Fernam Mendes Pinto? Ou de Correa da Serra? O mérito de grande escritor não é nunca diminuído pela actualização seja do seu nome próprio, seja dos seus apelidos. Nem eles próprios se arreliariam com tal detalhe: as águias não caçam moscas, sói dizer-se.