8.9.10

Como se escreve nos jornais

Indocíveis


      No Correio da Manhã, continuam a ignorar que uma criança de 3 anos não é um bebé. Culpa dos jornalistas, dos editores e dos revisores: «Os feridos mais graves foram transportados para o Hospital de Mérida, incluindo uma mulher que viajava com dois netos, um bebé de três anos, que estava ontem a ser operado, e o seu irmão, de sete» («Acidente junto às obras do TGV», Paulo Madeira, Correio da Manhã, 7.09.2010, p. 34).
      As palavras não são só palavras, são conceitos. É lamentável que continuem a laborar num erro tão básico e risível. Vejam se retêm desta vez: bebé é a criança recém-nascida ou de poucos meses.

[Post 3852]

2 comentários:

Paulo disse...

É mau mas poderia ser pior: «uma bébé de três anos».

Helder Guégués disse...

Sem dúvida, mas «uma bebé de três anos» já seria suficientemente mau.