12.1.11

«Fita separadora»?

Imagem tirada daqui

Quem me dera saber


      «O cabeleireiro de Pocol e o passeio foram isolados com fita separadora vermelha e branca, projectores iluminavam o interior» (Crimes, Ferdinand von Schirach. Tradução de João Bouza da Costa e revisão de Clara Boléo. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2010, p. 36).
      E porque há-de ser «separadora»? Não sei.

[Post 4312]

9 comentários:

Jonh disse...

"E porque há-de ser «separadora»? Não sei". Este "porque" não deveria ser substituído por "por que"?

Anónimo disse...

Não, caro Jonh, se estivermos a escrever português europeu. Mas pode fazer como o Montexto, e optar pelo português do Brasil...

C. Kupo disse...

Não pelas regras portuguesas.

Marcos Cóias e Silva disse...

E porque não «baia», termo técnico bastante corrente?

Jonh disse...

Desculpem, eu sei que estou no meio de especialistas da língua portuguesa, mas pensei que se escrevesse "por que" sempre que nos estivéssemos a referir a razão, motivo... parece-me ser esse o sentido da frase...

Já agora, se alguém tiver a amabilidade de me explicar melhor a utilização das duas expressões, agradeço.

Anónimo disse...

Não precisa de mais explicações, caro John. Siga esse seu pensamento, e deixe dizer quem diz: um « por que» assim explicado, e não mais, é quanto basta para a gramática ficar feliz.
Rima e é verdade.
- Montexto

Anónimo disse...

Caro John: vá a

http://www.ciberduvidas.com/pergunta.php?id=23335

porque o essencial está lá.

Paulo Araujo disse...

Fita de isolamento é o sintagma usado no Brasil.

Afonso Loureiro disse...

Em Portugal sempre a ouvir chamar de fita sinalizadora...