8.1.11

Verbos

Agora são sapos


      Deixem-me cá ver algo que interesse a implumes e a passarões... Ah, sim. Ofereceram à minha filha um exemplar da obra Janela Mágica — Contos de Fadas, de Savior Pirotta (Porto: Civilização Editora, 2010, com tradução do Departamento Editorial da Civilização Editora). Esteticamente, para lá do que é esperável. Quanto ao resto... O melhor é darem uma olhadela: «— Estais aí, princesa? — chamava o sapo. — Lembrai-vos do que prometesteis!» Contrariada, a princesa queria pôr um prato no chão para o sapo. «— Ah, não, Alteza, prometesteis que eu me sentaria convosco à mesa, que comeria do vosso prato adornado e beberia do vosso copo de prata — declarou o sapo.» A princesa amuou — novo erro na forma verbal ofendeu-a, decerto, mas o sapo insiste: «— Alteza — disse ele à princesa —, dissesteis que eu poderia deitar-me na vossa almofada.»
      Acham que isto são maravalhas ou maravilhas? Como foi um presente, não posso devolver o livro.

[Post 4289]

7 comentários:

Francisco Agarez disse...

Ai isso é que pode: à Civilização Editora, sublinhadinho a vermelho como deve ser!

Anónimo disse...

Não tem lareira em casa? Eu cá usaria o livro para me aquecer...

Anónimo disse...

Nem maravalhas, nem maravilha, mas outra coisa também começada por «m», em substituição da qual poremos (ou colocaremos?) provisoriamente «mixórdia».
Pode custar-vos a acreditar, mas o pessoalzinho já não se entende com a 2.ª pessoa do plural; daí vem o uso esmagador da 3.ª, tanto mais esmagador, quanto mais a sul.
Lembra-me aquilo de José Leite de Vasconcelos...
- Montexto

Bic Laranja disse...

Ah! Ah! Ah!

C. Kupo disse...

Visitei a hiperligação do Bic Laranja, e nada tenho a dizer quanto a ela; deixo que o Houaiss o diga: "pêni. s.m. (1709 cf. AGC) nums moeda divisionária que representa a centésima parte da libra esterlina [Até 1971 correspondia à duodécima parte do xelim.] ¤ gram pl.: pênis ¤ etim ing. penny (peny 1330); f.hist. 1877 penny ¤ hom pene(fl.penar); pênis(pl.)/ penes(fl.penar) e pênis(s.m.2n.))"

Bic Laranja disse...

@ Kupo
O Houaiss...? Então foi de lá que veio... - Está muito bem, muito bem!... - Mas olhe que valia a pena apurar bem a quantia...
Cumpts.

C. Kupo disse...

Sim, a questão da quantia é outra completamente diferente, da qual me abstenho por completo desconhecimento.
Saudações.