14.12.08

Género de «jeans»

Trans

      «Era alto, o que o fazia parecer ainda mais magro, as jeans ficavam-lhe largas nas pernas compridas e tinha as mãos, esguias, elegantes e ossudas apoiadas, de palmas para cima, nos joelhos» (Doris Lessing. O Sonho mais Doce. 2.ª edição. Tradução de Fernanda Pinto Rodrigues. Lisboa: Editorial Presença, 2007, p. 23). «Estava bonito, com uma camisa muito fashion, às listras coloridas, jeans rasgadas nos joelhos» (As Mulheres do Meu Pai, José Eduardo Agualusa. Revisão de Fernanda Abreu. 3.ª edição. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2007, p. 115).
      Os dicionários, contudo, registam o género masculino. «Punha lacinho e camisa rendada por baixo de um casaco de marca, mas com jeans comprados invariavelmente na loja da Union Square, sendo os outros, segundo ele, falsificações baratas, indignos de um talentoso informático» (Pepetela. O Terrorista de Berkeley, Califórnia. 2.ª edição. Revisão de Rui Viana Pereira. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2007, p. 13).

3 comentários:

Anónimo disse...

Porque é que, quando aponta erros de tradução, não indica também o nome do revisor? Não são ambos co-responsáveis, juntamente com o editor, pelos erros?

Helder Guégués disse...

Anda distraidíssimo, conspícuo anónimo: faço sempre isso, excepto quando não há créditos para a revisão, como acontece com as obras da Editorial Presença. Assim, se quiser saber quem foi o revisor, terá de se informar junto desta editora. E depois diga-me, para sabermos.

Pedro disse...

Tanto quanto sei, os dicionários da Porto Editora vão passar a classificar "jeans" como nome masculino ou feminino (e o mesmo em relação a "pop").