3.9.10

«Bondade» e «fortaleza»

Qualidade do que é bom


      Só agora, ao ser confrontado com a tradução de «fortaleza del ungüento», é que me lembrei doutro substantivo que, usado fora de certo contexto, causa sempre perplexidade em certos falantes: «Ontem, uma dezena de pais e alunos telefonaram para a tutela e enviaram e-mails a pedir esclarecimentos e uma reunião com Isabel Alçada para falar da bondade da EM e do direito dos seus filhos à educação» («Ministério da Educação fecha Escola Móvel», Bárbara Wong, Público, 10.08.2010, p. 7). E, vendo bem, a definição do Dicionário Hoauiss não ajuda nada a convencer esses tais perplexos da propriedade do termo.

[Post 3842]

3 comentários:

Paulo Araujo disse...

Não seria, neste caso, a 'grande utilidade', na acepção 2 do Houaiss:
2 qualidade do que é muito bem feito, bem elaborado ou de grande utilidade (diz-se de coisas)?

Helder Guégués disse...

Mais uma vez, estou a usar a versão electrónica do Houaiss, que é diferente, mas, ainda assim, não acho que a acepção seja tão clara.

André Couto disse...

Passei a manhã de ontem, inteirinha, a ouvir os jornalistas da TSF dizer:
D. GeStrudes Nunes.

Inqualificável.
Não sendo retitado de um obra literária é, para mim, igualmente imperdoável.